Um pouco 
de baguncinha.

Por incrível que pareça, está faltando um pouco de desordem.

Desformatar as coisas para poder redesenhar de forma significativa.

Quebrar as velhas verdades padrões para romper o “de sempre”.

deixe o espírito
troublemaker te levar

Incansável na tarefa de romper velhas verdades.

Corajoso para perguntar “por que não?”

Que desafia o lugar comum para criar um futuro original.
Questionador, inconformista, sonhador.
Caçador de obviedades que se entrega de corpo e alma.

Que apaixona todo mundo.
Mete a mão e não acomoda.

Pra fazer a empresa andar.
O projeto acontecer. Algo mudar.

Não é rebeldia, é criatividade rebelde.

O espírito troublemaker desacomoda.
Você está com saudade de conseguir trabalhar assim?

Captura de Tela 2022-05-07 às 18.39.37
Deixe etm

vamos caçar o
fantasma da mesmice

Tá rolando uma crise no mercado que a gente identifica através de alguns comportamentos.

Velocidade de 
transformação 
assustadora, gerando:
• comportamento reativo 
e incapacidade de antever.


• dificuldade cultural de 
encarar mudanças/revolução digital.
• empresa toda encaixada numa rotina automática.

Pessoas ocupadas, 
exaustas e presas 
no dia a dia, acarreta:
 aumento de demanda 
e redução de estrutura


 multitask em tempo real,
não deixando ninguém pensar
 r
epertório limitado 
e energia criativa baixa

Medo corporativo que 
abafa o pensamento questionador e original, gerando:
 pressão por resultado 
e aversão ao risco necessário


 fuga de conflitos necessários
e aceitação do senso comum

 respostas já vistas, soluções óbvias que empatam o jogo

descubra como a troublemakers resolve problemas

Podcast: Enlouquecendo Pessoas com André Foresti na Tribo de Marketing
Uma conversa sobre subversão como modelo de negócios e o que temos que fazer para inspirar pessoas a tentar atitudes novas e romper velhas verdades
Clique para conferir

Podcast: Outro Jeito de Fazer no Propaganda Não É Só Isso Aí
A origem da troublemakers e o que a gente veio fazer para mudar o mercado.
Clique para conferir

 

Uol: O clichê “novo normal”: uma desculpa para quem estava no automático
Artigo questionando o quanto as mudanças já estavam rolando e as pessoas ocupadas que não foram capazes de perceber.
Clique para conferir

 

Meio & Mensagem: “Inovação deve estar no dia a dia de todos”
No 4º episódio da série Transições, André Foresti, fundador da Troublemakers, fala sobre o papel da mentalidade ágil na resolução de problemas
Clique para conferir

 

Featured Story: B is the new A com André Foresti
Uma entrevista sobre essência da Trouble e as mudanças de mundo que temos que encarar.
Clique para conferir

Captura de Tela 2022-05-07 às 18.39.19

Nossos
beliefs são compromissos diários.

Nossa cultura importa e existe para lembrar todo mundo que dá pra trabalhar diferente e com mais felicidade. Todos os passos da nossa empresa seguem essa mentalidade. Oficializamos aqui, pra gente mesmo não esquecer.

1 Pessoas em primeiro lugar. Antes de profissionais, somos gente.  

2 Acreditamos que todo mundo pode ser original, criar, imaginar e romper com o óbvio.  

3 Temos tesão em descobrir, fuçar, repensar, mexer, melhorar, buscar o novo. Aprender e desaprender.  

4 Não temos medo do debate, das feridas e dos conflitos de ideias (não de pessoas).
Pra criar um mundo novo, atritos fazem parte.  

5 Sentimos o trabalho. Somos passionais com ele e só entramos em desafios que realmente acreditamos.  

6 Na dúvida, arriscamos. Coragem é mentalidade que precisa ser exercitada todos os dias.  

7 Always Co. (colaborar, cocriar, coexistir)  

8 Celebramos os troublemakers, as jornadas, as vitórias e também as derrotas.
Toda cagada é marco zero de algo bom.

Captura de Tela 2022-05-07 às 18.39.31

curta as playlists do
espírito troublemaker

TroubleMakers Ideation
A trilha sonora da TroubleMakers e sua rede para embalar o movimento de pessoas contra a mesmice. Muita inspiração e pilha pra criar coisas originais. Play e vá contra o óbvio. 
Acesse por aqui

Espírito Troublemaker
A playlist da TroubleMakers com músicas para pilhar novas revoluções
e celebrar os troublemakers da música. Play e vá contra o óbvio.
Acesse por aqui

livros que podem inspirar um pensamento subversivo

The Creative Curve

Originais

Troublemakers by Leslie Berlin

Pense como um Artista

Caos Criativo

Rebel Talent